JBN Guardanapos Especiais

Blog

A origem do chá das cinco

Encontrar com as amigas e tomar um chá com biscoitos e bolos não tem coisa melhor e esse costume é desde 1830!

 

O chá é originário da China e os europeus começaram com esse costume por conta dos portugueses no século XVI.

O chá das cinco é um hábito britânico. Mas como tudo começou?

A corte inglesa introduziu essa idéia por causa da princesa portuguesa, Catarina de Bragança, filha de D. João IV, quando ela casou-se com Carlos III, que era da Inglaterra.

Muitos acham que o dote da princesa deve ter sido muito bom, considerados um dos mais ricos e generosos da história. Dizem os historiadores que o dote foi de 500 mil libras de ouro, o livro comércio entre a Inglaterra com as possessões portuguesas na Ásia, África e nas Américas, uma cidade chamada Bombaim e uma caixa de chá. Sim, uma caixinha de chá!

Esse dote foi determinante para a economia da Inglaterra e aquela caixinha iria mudar, definitivamente, os hábitos britânicos.

Com isso, o costume em reunir a corte e mostrar as maravilhosas peças de porcelana e prata tornou-se rotina, sempre, às 5h00 da tarde.

Logo, foram criadas as regras de etiqueta para o serviço de chá e receitas que fariam parte do cardápio como: torradas com manteiga, geléia ou mel, scones, muffins, bolos, biscoitos e pães.

No final do século XIX, o chá da tarde já era conhecido no continente europeu, especialmente na França, quando surgiram as grandes casas de chás, onde as damas se reuniam para degustar um delicioso chá e conversar.

As variações do cardápio foram surgindo e assim, além do chá, também era servido café, chocolate quente, petit-four e outros.

Até os dias de hoje, ele faz parte da nossa cultura e a cada dia torna-se mais gostoso nas mesas do mundo todo.

Author:
Posted in: Dicas

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>