JBN Guardanapos Especiais

Etiqueta

Como se comportar em um almoço na casa do chefe

Em reconhecimento ao bom desempenho da equipe, o chefe resolve convidar você e seus colegas de trabalho para um almoço em sua casa. E agora?. Será que você saberia como se comportar de maneira adequada?.

almoco casa do chefe from JBN on Vimeo.

Autor:
Categorias Dicas, Etiqueta

O teste da etiqueta no restaurante

Será que você sabe realmente como se comportar à mesa em um restaurante? Qual a maneira certa de se comer uma salada? e macarrão? Confirma como está sua etiqueta!

 

 

Autor:
Categorias Destaque, Etiqueta

Conheça a maneira correta de se comer Macarrão

Para quem gosta de apreciar uma boa massa, vale lembrar que existe uma etiqueta a seguir e que algumas atitudes podem ser consideradas um sacrilégio se realizadas na presença de um legítimo italiano.

a-maneira-correta-de-comer-macarrao
A primeira regra é simples, não cortar o macarrão com a faca. Muitas pessoas também quebram o espaguete na hora do preparo. Ele deve ser cozido inteiro e consumido da mesma forma.

A colher colocada ao lado também não é para axiliá-lo a “juntar” o macarrão no garfo como pensam alguns, mas sim para fixar o molho à massa, juntamente com o garfo, e se necessário.

O correto é enrolar o macarrão no garfo, em poucas porções e pelas beradas, para não virar aquele “bolo” gigante a ser colocado na boca.

Caso precise lidar com aquele “fio rebelde” que sempre acaba ficando mais longo e sendo o causador daquela mancha de molho na roupa, corte-a discretamente com o próprio garfo.

Os italianos costumam passar o pão no prato com a mão para aproveitar o que restou do molho. Isso pode ser feito em um encontro casual, mas nunca em uma reunião de negócios. Aliás, evite pratos regados a molhos e caldos. Se não puder evitar, uma boa alternativa são os elegantes babeiros da JBN, disponíveis nos bons restaurantes.

Fazer barulho, assopando ou chupando o macarrão, nem pensar!

Fonte: Homens Modernos

Autor:
Categorias Destaque, Etiqueta

10 atitudes que você nunca deve ter em um Primeiro Encontro

Muitas pessoas saem em busca de um(a) pretendente, correndo o risco de transformar o encontro em uma sucessão de fracassos, pois já dizia o ditado: melhor sozinho do que mal acompanhado!

10 atitudes que voce nunca deve ter em um primeiro encontro

Nunca é fácil ir a um primeiro encontro.  Quem em algum momento nunca ficou “travado”, sem saber como iniciar, conduzir ou driblar assuntos indesejados, saber se comportar à mesa, se aproximar da pessoa e ao mesmo tempo lidar com as emoções que podem atrair ou literalmente assustar o(a) prentendente?

Então, aqui vão algumas dicas para você se sair bem nesse dia, e quem sabe,  ele ainda se torne duplamente especial para você!

1) Não finja ser que você não é
É claro que em um primeiro encontro sempre queremos impressionar para conquistar a outra pessoa. Os tímitos fazem um esforço sobrenatural para expressar seus sentimentos;  já os extrovertidos, muitas vezes extrapolam. O momento deve ser dosado. Nem tanto o céu, nem tanto a terra. Procure ser natural, sempre dentro de uma linha de equilibrio e bom senso.

2) No convite, não floreie demais e não seja insistente
Muitas vezes por timidez a pessoa não deixa claro à outra o que deseja; outras vezes vai com muita sede ao pote. Nessa hora procure ao menos elaborar uma frase que deixe claro seu objetivo.  Na hora de convidar, por exemplo pode dizer: gostaria de convidá-la(o) a … (ir ao cinema, jantar, passear). Sugiro no próximo sábado. Passo para te pegar às 20h30. Está bom para você?.  Se a resposta for negativa, não tire conclusões precipitadas, avalie as alegações. Tente novamente adequando às considerações da outra pessoa, mas deixe espaço também para ela dê uma alternativa. Se ela estiver interessada o fará. Caso isso não aconteça, não insista. Você nem deve  travar com a negativa e nem se esquecer de seu amor próprio. A boa notícia é que talvez mostrando que você tem postura e uma alto estima elevada, você ganhe a admiração e o respeito da outra pessoa, podendo até reverter a alegação dela.

3) Não escolha lugares inadeguados
O primeiro encontro normalmente deve acontecer em lugares em que as pessoas tenham condições de conversar, trocar idéias, ficarem próximas. Por isso, lugares com muita gente, com muito barulho pode atrapalhar. Assim como lugares exóticos demais pode inibir a outra pessoa. Procure se informar do que ela gosta antes de sugerir. Se houver uma sinergia na escolha, aumenta-se a cumpricidade entre o casal. A indicação pode vir de quem convidou, do convidado ou uma combinação entre os dois. O importante é que se sintam satisfeitos com a escolha. Se pretende fazer surpresas, cuidado!  Procure sondar antes se a pessoa gosta de ser surpreendido. Também não faça nada extravagante. E nada de levar a pessoa onde você é o “rei ou a rainha da cocada preta” . Isso ao invés de impressionar pode inibir a outra pessoa, levando a falsos julgamentos, como por exemplo, de que ela não é especial por levá-la em um lugar “batido”, ou que faz parte de sua  roteiro de conquistas.

4) Não use roupa desapropriada
Procure saber sobre o estilo do local, para que ambos possam estar cientes de qual roupa será a mais adequada  para a ocasião.  Não tem problema algum avisar seu pretentende, ou até mesmo perguntar como ele pretende ir vestido(a). Isso evitará que a pessoa se sinta inibito ou até mesmo constrangido. Pense bem na imagem que está desejando passar. É diferente de estar elegante e sensual

5) Não use perfumes fortes ou enjoativos
Claro que é fundamental estar limpo e perfumado, mas o excesso pode repelir a outra pessoa, ou por ter alergia, ou por não gostar de perfumes ou por não se atrair pela fragância. O perfume deve ser o toque a mais. Ele “fala” um pouco de você, de seu estilo, mas é fundamental que a outra pessoa sinta seu cheiro natural, para que a atração homem/mulher possa se fundir, cumprindo o cliclo da atração macho/fêmea por meio do feromônio.

6) Não seja grosseiro achando que esta sendo moderno
Ser gentil ao buscá-la em casa, acompanhá-la até a porta do carro, dar passagem, indicar a cadeira. Tudo isso faz parte de uma boa educação e nunca está fora de moda. Seja com uma pretendente ou qualquer outra mulher. Trata-se de atitudes respeitosas. Deixar que ela pague divida a conta, somente quando a relação estiver caminhado e ambos optaram por um estilo, respeitando as crenças e valores de cada um.

7) Não conte toda sua vida achando que ela é um livro aberto
Muitas pessoas se comportam como estivesse se “vendendo”  ou saem escancarando sua vida. Não se comporte como se seu  prazo estivesse se esgotando e com ele suas chances conquistá-la(o). As pessoas gostam se um certo mistério, algo ainda a se descobrir. Em um primeiro encontro o importante é perceber se houve afinidade, se aconteceu a tal  “quimica” . Ela será a responsável em fazer surgir o desejo de “quero mais”.  Se a relação progredir, você terá tempo para os detalhes, mas deixe isso para depois. Procure falar de coisas amenas, que não venham causar polêmicas.

8) Não queira se mostrar importante
Existem pessoas que fazem o gênero “ocupadíssimas ou o popular”. O celular que toca a toda hora. Pessoas conhecidas vindo cumprimentar.  É muito desagradável para a outra pessoa ser interrompido a todo momento, ou perceber que o outro não está interessado em ouví-lo, mas só em falar de si próprio ou mostrar sua popularidade. Num futuro próximo, ambos vão ter a oportunidade de vivenciar o “mundo de cada um”.

9) Não exagere  na hora de demonstrar afeto
A aproximação deve ser devagar, sempre sentindo se está sendo correspondido. Execesso de atenção, toques e abraços sem que tenha recebido um “sinal livre” para isso é inaceitável. Assim como declarações de amor exageradas,  principalmente se vocês mal se conhecem. Jargões e frases feitas, nem pensar!. Procure falar dos motivos que o atraiu, o que mais gosta em seu jeito, o quanto gostaria de ter a o portunidade de conhecer a melhor, mas nada de juras de amor eterna. Tudo a seu tempo

10) Não despeje no outro suas frustrações e expectativas
Falar de suas experiências amorosas passadas já é ruim, despejar no outro suas frustrações amorosas é imperdoável. Querer que a pessoa corresponda a todas as suas expectativas é devaneio. Tem gente que já quer sair do primeiro encontro com um compromisso de que o namoro vai dar em casamento! Se você carrega consigo frustrasções, não superou o fim de uma relação, ou vai usar a pessoa como “tábua de sanvação”, esquece! É melhor ficar sozinho(a) por mais algum tempo, até que se sinta bem e pronto para um novo relacionamento.

Seguindo esses regras, se por acaso a relação não for adiante, ao menos o dia dos namorados terá sido prazeroso e divertido para ambos!

Autor:
Categorias Dicas, Etiqueta

O que dizem as regras de etiqueta à mesa sobre Comer com as mãos?

Todo mundo está acostumado a comer alguns alimentos com as mãos. Lanches, batatas fritas, polenta e o famoso frango à passarinho não deixam outra escolha. Há um prato armênio, o Bastrmã, feito especialmente para comer com as mãos. A culinária armênia ainda engloba pratos da culinária libanesa e síria, todos comidos com as mãos para não modificar o sabor com o garfo e a faca. Se comer com os talheres você está fora da etiqueta, brinca Fernando Yaroussalian, proprietário de restaurante armênio. Mas o que as regras de etiqueta dizem sobre comer com as mãos?

 

Autor:
Categorias Destaque, Etiqueta

Como se comportar em um Casamento Real?

Somente pelo fato de ser um casamento real, ele é cercado de proclames e cerimoniais  que o tornam ainda mais formal que qualquer outro! Uma série de protocolos que cercaram a realeza. Conheça algumas delas!

Como se comportar em um Casamento Real-1

Cumprimento:

O primeiro deles se refere ao momento de ser apresentado à Rainha ou a qualquer título de nobreza. Deve-se fazer um gesto de reverência: os homens devem fazer um cumprimento inclinando a cabeça para frente e olhar rapidamente para baixo e as mulheres, o recomendável é curvar levemente o corpo, com um pé à frente, mas sem muitos exageros. Nunca se deve tocar um membro da família real, o cumprimento deve se restringir a reverência durante um aperto de mão.

Diálogo:
Dirigir a palavra, somente quando a iniciativa parte do membro real.  Não se deve puxar conversa a não ser que a rainha ou membros da nobreza o façam. Ao se dirigir a rainha, deve-se iniciar de “Sua Majestade” depois seguindo de “Senhora”. Se tratando de um nobre, “Sua Alterza” seguido de Senhora ou Senhor.

Comer:

Como se comportar em um Casamento Real

Fonte: G1

Autor:
Categorias Etiqueta

Como usar Talheres à Mesa por Gloria Kalil

Mão esquerda ou direita?  qual a quantidade certa de alimento a se levar à boca? e como cortar a carne? Em dois minutos Glória Kalil demonstra a forma correta de usar os talheres à mesa. Confira!

Autor:
Categorias Etiqueta

Como usar o Guardanapo à mesa com Fábio Arruda

Nesse vídeo o consultor de etiqueta Fábio Arruda mostra a forma correta de usar o guardanapo à mesa. Além disso ele explica o significado de cada procedimento. Muito instrutivo. Confira!

 

Autor:
Categorias Destaque, Etiqueta

10 dicas de como se Comportar em um restaurante Japonês 1/2

Se você é um daqueles que possui um profundo desejo de frequentar um restaurante japonês mas não sabe nem por onde começar, aqui vão 10 dicas para se sair bem! Logo que você chegar a porta será recepcionado com um cumprimento em japonês “irashaimase” que significa “seja bem vido”. Não se preocupe em responder, apenas devolva o cumprimento com um aceno de cabeça.

10 dicas de como se comportar em um restaurante japones

1) Segurar o Hashi
Esse é um dos primeiros obstáculos a superar. Talvez o mais dificil. A maneirra correta de segurá-los é sempre do meio para cima. Nunca na parte inferior, pois dificultará a realização das manobras. O pauzinho inferior serve de base de apoio ao alimento e o superior tem como função segurar o alimento. O domínio vem com o tempo;

2) Usar o Oshibori
Trata-se de uma toalhinha (quente ou gelada) trazida pelo garçon assim que o cliente se senta à mesa. Ela é utilizada para limpar as mãos. Após o feito, ela deve ser colocada sobre a mesa, sem drobá-la. No Japão é hábito limpar a testa e o rosto inteiro. No Brasil pode soar como grosseiro;

3) Postura à mesa
De um modo geral, as pessoas nunca devem se inclinar à mesa para tomar o saquê, comer o arroz, tomar o misoshiru, etc. No caso específico do saquê o correto é levar o recipiente até a boca. Para tomar o saquê existem dois tipos de recipientes: o massu, o “copo” quadrado usado para tomar o saquê frio, e o tyoko, próprio para o saquê quente. Ambos devem ser segurados com as duas mãos. Se o massu vier acompanhado por um pires, o que geralmente acontece, a pessoa deve pegar apenas o recipiente. O pires continuará sobre a mesa.

4) Modo de servir
Servir com a mão esquerda ou direita tem significados importantes: o convidado servido com a mão direita, é considerado um aliado, um amigo. Já com a mão esquerda, trata-se de um inimigo. Por isso, servir com a mão esquerda é uma ofensa. Regra instituita desde a época dos samurais no Japão feudal e válida até os dias de hoje.

5) Tomando caldos
O misoshiru é uma sopa que não deve ser tomada de colher. O correto é levar o chawan (tigela) próximo à boca. Os ingredientes sólidos, como o wakame e o tofu, são pegos com o hashi. Enquanto toma o caldo, o hashi pode continuar na mão. Nunca tome o caldo manipulando o hashi no chawan. Embora possa parecer estranho, fazer “barulho” ao tomar qualquer tipo de sopa não é falta de educação para os japoneses. Muito pelo contrário, para eles significa que o prato está delicioso. A única sopa japonesa que pode ser tomada com colher é o lamen.

Fonte: Brasil e Japão

Autor:
Categorias Dicas, Etiqueta

Escolhendo Convidados para o seu Jantar de Sucesso!

O propósito de um jantar é principalmente proporcionar momentos prazerosos a sua família e a todos seus convidados. Para que isso aconteça, você cuida de todos os detalhes com carinho e dedicação. Mas a escolha dos convidados é fundamental para que tudo saia como esperado.  Saiba como fazê-lo!

escolhendo convidados para o seu jantar de sucesso

Numero de Convidados
O ideal é convidar no mínimo um casal e no máximo 15 pessoas para um jantar de mesa, dependendo de seu tamanho. Como alternativa, pode montar mesas separadas com 4 pessoas por cada.  Porém, no jantar americano, certifique-se que há assentos suficientes para todos os convidados, mesmo para aqueles que preferem ficar de pé.

Perfil
Escolha de preferência pessoas que se conheçam e que possuem um bom relacionamento. Se apresentar novos amigos, escolha pessoas que gostem de se relacionar. Evite aquelas que gostam de fazer do encontro ponto de vendas para seus produtos. Isso pode constranger alguns convidados. Assim como você deve evitar ao máximo pessoas que já deram vexames com bebidas, brigas ou possuem um temperamento difícil.

Convites
Faça convites com antecedência porque chamando em cima da hora você corre o risco de perder muitos convidados e frustrar os seus planos. Ligue para as pessoas com um dia de antecedência, lembrando do evento.

Para jantares muito formais, manda-se convite impresso no qual consta o famoso R.S.P.V., que significa Répondez s’il vous plaît.

Fonte: Portal São Francisco

Autor:
Categorias Etiqueta